Tag Archives: redes

Recomendação de livro de cabeceira de cama

tux_cisco

Olá hoje estou postando uma recomendação, muitos dos meus posts eu produzo enquanto testo uma técnica ou tecnologia, outros mais antigos são repositório do blog do barata que respeito muito e vivo no blog dele, e hoje estou aqui para indicar o livro do Samuel H B Brito, nem precisava na verdade porque ele já é de certa forma uma figura pública tal como o Filipetti no cenário de redes porém o livro dele foi um abre fronteiras no meu caso, todos em algum momento da sua carreira vão querer saber como simular um ambiente de internet,  como segmentar sua rede em vlans eu fiz um projeto a 4 anos que usei o livro dele pra um projeto interno que era segmentar internamente toda rede da minha empresa para melhorar a qualidade da voz, eu cuidava da voz mas o “povo de rede” não tinha visão do quanto me afetava uma rede mal elaborada internamente, após isso a visão geral de segmentação de rede e QOS mudou…claro que com ódio de mim 😀

No livro também temos exemplos de como trabalhar com IPV4 e roteamentos diversos tais como RIP/OSPF/EIGRP é um livro de laboratórios como se faz mesmo(how to), ou seja se quer um livro com teoria não é esse seu livro porém você pode usa-lo como referência técnica em dezenas de assuntos.

Falando mais um pouquinho temos cases de load balance que TODO mundo quer saber como faz o livro trás alguns exemplos também.

Finalizando o livro é com foco em tecnologias CISCO, porém as técnicas podem tambpem ser usadas em Juniper/mikrotik etc… exemplos do livro como fazer rotas default etc se aplicam em vários cenários e não só em ambientes CISCO.

Comprem está de graça…o livro já se encontra em sua segunda edição e tem todos laboratórios online para baixar no site do autor -> http://labcisco.blogspot.com.br/2012/10/livro-laboratorios-de-tecnologias-cisco.html nem pense duas vezes se você é da área de redes de verdade e não da área de gambiarra, nem pense em achar PDF compre que é garantido.livro-lab-cisco

http://novatec.com.br/livros/labcisco-2ed/

 

 

O que são: CSU/DSU, DTE e DCE?

tux_cisco

Como não sou fan de criar o já criado vou postar meu primeiro contato com essas terminologias importantes no mundo telecom que são DTE/DCE vi esse post em 2011 e foi postado em 2010 num blog de redes Angolano mundo pequeno não? Bom segue a matéria.

Eu pessoalmente gosto de lembrar que o DTE é o CPE e o DCE é o PE me ajuda lembrar … cada um faz o link mental que gostar mais, como falei a uns meses sempre trabalhei em empresa privada e em telecom/provedor/isp porém sempre com foco em telefonia ip o que te força entender muito bem de protocolos de rede no ultimo ano mudei para Redes novamente como Redes é genérico e faz parte de telefonia IP também quando digo redes digo diretamente com configuração de redes metropolitanas monitoramento de backbone, ativação de link dedicados/VPN/Transporte/ LanConect/ Ponto a Ponto em cima de nuvem MPLS entre outros que uma operadora pode oferecer e isso me estimula postar mais coisas de rede e acho interessante começar do básico do básico isso baseado no CCNA, assim como fiz com VOIP/LINUX/ASTERISK agora teremos assuntos de rede do básico como rota estática  e DTE DCE ao avançado como BGP/MPLS do qual também sou aprendiz eterno.

 

DTE – Data Terminal Equipment ou equipamento de terminação de dados. Como o nome diz é o equipamento onde os dados terminam e onde também podem ser iniciados. Um DTE pode ser um computador, ou um roteador. Geralmente este dispositivo prepara a informação a ser enviada/recebida a linha de comunicação pelo usuário.

DCE – Data Communications Equipment, Data Circuit-terminating Equipment, como o nome o diz é o equipamento responsável por realizar a comunicação dos dados. Isto pode fazer alguma confusão se pensarmos num roteador do outro lado a servir como DCE como muitas das vezes pensamos.  Na verdade o DCE serve para realizar algumas tarefas importantes na transmissão de dados entre dois dispositivos como determinar a frequência de clock, a determinação dos erros de transmissão  e a codificação, enfim a definição de como se envia e como se recebem os dados. Isso significa que um DCE pode ser um dispositivo ligado directamente ao roteador ou uma interface com estas capacidades.

A razão porque você precisa de um DCE tem a ver com a mesma razão porque você precisa dum cabo crossover para ligar dois computadores directamente sem necessitar dum comutador. É necessário saber como (e que pinos tratando-se de cabos seriais) se enviam os dados, e o DCE trata disso automaticamente. Por isso é que nos laboratórios Cisco você pode usar um cabo serial padrão V35 para fazer isso:

Mas note que em se tratando de comunicação entre um computador e um modem num caso em que se usa ADSL o computador é o DTE e o modem o DCE, pelas razoes já definidas antes: Alguém precisa de dizer como os dados são transmitidos.

CSU/DSU – Está aí um termo que faz confusão a muito boa gente. Channel Service Unit/Data Service Unit como o nome sugere é um equipamento que diz ao DTE dum lado e o DCE do outro para se ‘casarem’ :

Um dado importante é que hoje em dia muitos roteadores vêem equipados com CSU/DSU nas suas interfaces WIC de modo que não mais é necessário usar um separado. De modo que a tarefa de ligar um roteador a um circuito digital tal como a uma hierarquia PDH/E1, ou a um link ponto a ponto ligado a um provedor de serviços, não precisa mais de um CSU/DSU separado do roteador como este da figura acima.

 

Fonte: https://snnangola.wordpress.com/2010/08/06/o-que-que-sao-csudsu-dte-e-dce/

Dica básica: Capturar dados das redes Wifi Próximas

tux_britanico

Boa tarde, a dica de hoje é básica de redes para quem usa LINUX.

Instale provavelmente já vai estar instalado o wireless-tools

Usando o software: iwlist scan, fará um scan de todas redes wifi próximas e trará informações como SSID, CANAL, FREQUÊNCIA entre outras coisas, use com moderação 🙂

root@TuX:/etc# iwlist scan
eth0      Interface doesn’t support scanning.

lo        Interface doesn’t support scanning.

wlan0     Scan completed :
Cell 01 – Address: D4:CA:zzzzz
Channel:10
Frequency:2.457 GHz (Channel 10)
Quality=70/70  Signal level=-22 dBm
Encryption key:on
ESSID:”Teste_OptiTel”
Bit Rates:1 Mb/s; 2 Mb/s; 5.5 Mb/s; 11 Mb/s; 6 Mb/s
9 Mb/s; 12 Mb/s; 18 Mb/s
Bit Rates:24 Mb/s; 36 Mb/s; 48 Mb/s; 54 Mb/s
Mode:Master
Extra:tsf=000001061c9dae07
Extra: Last beacon: 48ms ago
IE: Unknown: 000D54657374655F4F70746954656C
IE: Unknown: 010882848B960C121824
IE: Unknown: 03010A
IE: Unknown: 2A0100
IE: Unknown: 2D1A2C1003FF00000000000000000000000000000000000000000000
IE: IEEE 802.11i/WPA2 Version 1
Group Cipher : CCMP
Pairwise Ciphers (2) : CCMP TKIP
Authentication Suites (1) : 802.1x
IE: Unknown: 32043048606C
IE: Unknown: 3D160A000000000000000000000000000000000000000000
IE: Unknown: DD2A000C42000000011E0010000000661A05000054657374655F4F70746954656C0000000000000005029909
IE: WPA Version 1
Group Cipher : CCMP
Pairwise Ciphers (2) : CCMP TKIP
Authentication Suites (1) : 802.1x
IE: Unknown: DD180050F2020101000003A4000027A4000042435E0062322F00
IE: Unknown: DD1E00904C332C1003FF00000000000000000000000000000000000000000000
IE: Unknown: DD1A00904C340A000000000000000000000000000000000000000000
Cell 02 – Address: D4zzzzz
Channel:1
Frequency:2.412 GHz (Channel 1)
Quality=21/70  Signal level=-89 dBm
Encryption key:on
ESSID:”ZZZ”
Bit Rates:1 Mb/s; 2 Mb/s; 5.5 Mb/s; 11 Mb/s; 6 Mb/s
9 Mb/s; 12 Mb/s; 18 Mb/s
Bit Rates:24 Mb/s; 36 Mb/s; 48 Mb/s; 54 Mb/s
Mode:Master
Extra:tsf=000000db24a8dde9
Extra: Last beacon: 1456ms ago
IE: Unknown: 00074F70746954656C
IE: Unknown: 010882848B960C121824
IE: Unknown: 030101
IE: Unknown: 2A0100
IE: Unknown: 2D1A0C1003FF00000000000000000000000000000000000000000000
IE: IEEE 802.11i/WPA2 Version 1
Group Cipher : CCMP
Pairwise Ciphers (1) : CCMP
Authentication Suites (1) : PSK
IE: Unknown: 32043048606C
IE: Unknown: 3D1601000000000000000000000000000000000000000000
IE: Unknown: DD2A000C42000000011E00140000006618050000443443413644374435463231000000000000000005026C09
IE: WPA Version 1
Group Cipher : CCMP
Pairwise Ciphers (1) : CCMP
Authentication Suites (1) : PSK
IE: Unknown: DD180050F2020101000003A4000027A4000042435E0062322F00
IE: Unknown: DD1E00904C330C1003FF00000000000000000000000000000000000000000000
IE: Unknown: DD1A00904C3401000000000000000000000000000000000000000000

 

 

Você pode usar com grep ngrep cut etc para trazer informações mais filtradas exemplo:

root@TuX:/etc# iwlist scan | grep ESSID
eth0      Interface doesn’t support scanning.

lo        Interface doesn’t support scanning.

ESSID:”zzzz”
ESSID:”Visitante”
ESSID:”MikroTik-BE6263″
ESSID:”Teste_OptiTel”
ESSID:”zz_CGR”
ESSID:”SecretID”
ESSID:”GVT-1981″
ESSID:”Fala Comigo”

Adicionando interface secundádia centOS/RHEL

Acesse /etc/sysconfig/network-scripts

Digite ls

encontre seu dispositivo de rede -> ifcfg-eth0

vi ifcfg-eth0

Copie as configurações

Saia sem editar.

Agora para criar uma interface secundária digite vi ifcfg-eth0:1 isso informa ao Linux para criar uma ifcfg-eth0 virtual 1

Cole as configurações lá dentro exemplo:

DEVICE=lo:1
IPADDR=127.0.0.2
NETMASK=255.0.0.0
NETWORK=127.0.0.0
# If you’re having problems with gated making 127.0.0.0/8 a martian,
# you can change this to something else (255.255.255.255, for example)
BROADCAST=127.255.255.255
ONBOOT=yes
NAME=loopback

Salve com :wq

Agora use service network restart.

Agora digite ifcfg-eth0:1

Sua interface deve estar up.

 

Questões de Sub-REDE

ccna

Fala pessoal, uma coisa que se não ficar na ponta da linguá você vai se dar mal no CCNA é SUB REDES, não tem conversa é igual tabuada você pensa e já sai.

Para ajudá-los nisso mostro hoje um site do colega Flyner que lhe dá centenas de questões de sub rede, veja a questão e resolva em um papel mesmo no caderno até bater o olho e já ter certeza.

Segue o link http://www.questoesdesubrede.com.br/

Abraços! Gustavo Franco!

Ps: se gostarem cliquem nos anúncios para ajudar o site a ficar online 🙂